Home»Academia»5 dicas para lidar com a indecisão e tomar decisões assertivas

5 dicas para lidar com a indecisão e tomar decisões assertivas

6
Shares
Pinterest Google+

A vida está repleta de momentos em que precisamos tomar decisões, sobre o que queremos e o que não queremos. Talvez, você tenha se tornado indeciso depois de um evento traumático recente ou talvez tenha vivido sempre com medo de fazer a coisa errada.

Independentemente da raiz da sua decisão, você pode se sentir frustrado e impotente, mas é necessário se fortalecer, com alguns truques e estratégias para evitar essa paralisia. A boa notícia, é que existem campos de estudo voltados à psicologia da indecisão. Sendo assim, já é possível aprender a como tomar decisões rapidamente, se voltando sempre para a decisão certa.

Psicologia da indecisão
As pesquisas sobre a indecisão que são feitas ao redor do mundo, mostram claramente os efeitos negativos da indecisão limitando o sucesso. Desde a carreira profissional, até os relacionamentos amorosos, tudo pode ser negativamente influenciado pelo poder da indecisão.

Existem diversas justificativas para que uma pessoa seja indecisa, principalmente, se levarmos em conta a história de vida de cada um. Porém, as pesquisas sobre a psicologia da indecisão, apontam causas mais comuns, que geralmente afetam as pessoas indecisas:

 Tentar agradar as pessoas: é comum algumas pessoas pensarem que, se outras pessoas trilharem o seu próprio caminho, a aceitação dela será melhor. Se você se torna permissivo demais quando se trata da influência dos outros na sua própria vida, acaba perdendo a capacidade de tomar as próprias decisões.

 Variedade de opções: algumas pessoas não conseguem tomar decisões com facilidade, devido às milhares de opções possíveis e seus possíveis desfechos. Aqui, é necessário trabalhar na forma com que as pessoas lidam com as
possibilidades e com as emoções, ajudando a fazer escolhas racionais.

 Frustração em escolhas anteriores: algumas pessoas perdem a confiança na sua capacidade de tomar decisões de forma correta, após tomar alguma decisão que influenciou negativamente em sua vida.

Como tomar decisões?
Agora que você conhece alguns dos fatores básicos que podem levar algumas pessoas à indecisão, está na hora de você conhecer algumas boas práticas para deixar de ser indeciso.

Existem cinco técnicas diretas e poderosas que, praticadas no seu dia a dia, pode ajudar você a tomar as decisões mais difíceis, de forma rápida e racional. É claro que nos casos mais graves de indecisão, causados por traumas ou instabilidades psicológicas, é necessário que a prática diária seja atrelada a terapias e meditações, para
que sejam totalmente eficientes.

5 maneiras de se tornar menos indeciso

1- Harmonize suas emoções
Quando a indecisão chegar, pare um pouco para analisar os excessos. O excesso de pensamento sobre os possíveis desfechos, vem do fato de você não conseguir canalizar suas energias e confiar nos seus instintos. Se você começar a trabalhar em harmonia com as suas emoções, você desenvolverá a habilidade de afinar suas decisões, de forma
mais inteligente.

Com isso algumas práticas como limitar o tempo utilizado para tomar decisões, listando as suas opções e os possíveis desfechos em ordem de prioridade. Escolha a melhor delas e observe a frequência que a sua decisão é a correta. Aos poucos, você aprenderá a validar o poder de suas decisões e se frustrará menos.

2- Confie em si mesmo
Ser uma pessoa indecisa não diz respeito apenas a não confiar nas próprias emoções. É, também, sobre saber encontrar seus pontos fortes e únicos e saber como utilizá-los no processo de tomada de decisão.

A indecisão pode vir, muitas vezes, atrelada à baixa autoestima, transtornos de ansiedade e inseguranças amplas. Tente listar ao menos cinco pontos fortes que você conseguir identificar em você mesmo e, quando tiver dificuldades nisso, tente listar os pontos fortes que outras pessoas enxergam em você. Às vezes, você consegue encontrar
pontos fortes como ser comunicativo, estratégico ou, até mesmo, habilidoso com as
mãos.

Após terminar a lista, tente pensar em maneiras de destacar ainda mais esses pontos em sua vida, de forma que isso possa influenciar nas suas decisões. Se você é otimista, por exemplo, você pode canalizar isso para encontrar pontos positivos nos resultados ruins das suas decisões anteriores.

3- Pense em preto e branco
Serão raros os momentos em que vamos nos deparar com decisões que possuem apenas dois resultados possíveis. O excesso de alternativas, apesar de algo muito comum, pode sobrecarregar o nosso cérebro, levando à paralisia por excesso de resultados. Quando precisamos tomar decisões rápidas e certeiras, o ideal é separar os resultados
em bons e ruim, para só então, ter uma resposta certeira. Nem todas as decisões se encaixarão neste tópico, mas pode facilitar bastante quando a paralisia chegar.

4 – Concentre-se no presente
Quanto mais pensarmos no que pode acontecer, maior será a angústia e a ansiedade. É muito fácil encontrar vários cenários e querer encontrar soluções para todos eles, mas é necessário se lembrar de que não se pode abraçar o mundo.

Você precisa simplificar as possibilidades, concentrando-se no presente e tentando não negligenciar nada, para tomar suas decisões com um passo de cada vez.

5- Sempre existirá a possibilidade de falha
De fato, o maior medo das pessoas indecisas é a falha. Para elas, o normal é iniciar um processo de análise excessiva das possibilidades, tentando evitar ao máximo as frustrações. 

O ideal é que você busque meios para aprender a lidar com as próprias frustrações, pois em caso contrário, o medo do fracasso abrirá as portas para que outras pessoas tomem decisões por você – o que também não é o ideal.
As decisões são essenciais em nosso dia-a-dia. E se soubermos como tomar decisões de forma inteligente, elas terão muita influência em nosso sucesso. Raramente, não tomar decisões é uma boa decisão. A passividade sobre a própria vida e o bloqueio tendem a promover níveis muito altos de ansiedade e, posteriormente, de tristeza, apatia e até depressão.

Previous post

Instabilidade Financeira - Como lidar e dicas para evitar esse problema

Next post

Como as mudanças de postura podem trazer prosperidade

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *